Você é a maioria ou a minoria?

Vim falar sobre a escolha em fazer parte da maioria ou a da minoria.

Você acha que é complicado falar sobre isso?

Aonde você se encaixaria?

O que faz a maioria e o que faz a minoria?

São tantas perguntas, não é?

Bom!!! Quando você tem suas convicções, elas podem ajudar para um bom resultado ou te levar para o pior resultado de sua vida.

Então, eu resolvi expôr sobre as minhas convicções.

Há quem diga que elas me ajudam, outros que essa minha forma de pensar é auto-sabotadora e completamente insana.

Eu quero deixar aqui aquilo que vejo ser a maioria e a minoria.

Também os comportamentos de cada grupo e o que vejo como resultado para eles.

O que me faz todos os dias escolher fazer parte do grupo que escolho, e vocês verão logo abaixo, meus sentimentos e pensamentos sobre essa escolha e suas consequências.

A MAIORIA

Grita;

Manda;

Sobrevive;

Aceita o que vive;

Sente-se mal pela conquista do outro;

Copia;

Reage;

Arruma argumentos;

Não sente vergonha;

Essas sãos as características mais marcantes que pude observar.

A MINORIA

Conversa;

Pede;

Vive;

Aceita o que vive e constrói a cada dia um algo a mais;

Sente-se feliz com a conquista do outro e ainda ajuda quando pode;

Cria;

Age;

Transforma fatos negativos em positivos e acrescenta junto aos fatos positivos;

Assume seus erros e se desculpa se necessário for.

Entre esses dois grupos, embora com os defeitos normais de seres humanos, penso que a minoria é o melhor grupo de se fazer parte.

Seus comportamentos, na minha visão, são altruístas, são componentes de pessoas de sucesso.

O resultado é mais equilibrado, o que pra mim, traz mais qualidade de vida.

Claro que, existe a transição das pessoas do grupo da maioria para a minoria e vice versa.

No caso de quem era da maioria e passa para a minoria, é necessário transformar muitos pensamentos, muitos comportamentos e crenças.

De quem era da minoria e passa para a maioria, fica mais fácil, afinal, não precisa de muita coisa para transformar.

Em muitos momentos eu me questiono qual dos meus comportamentos me encaixam na maioria, pois de fato, prefiro vigiar para permanecer na minoria, o que pra mim faz mais sentido, o que pra mim é muito melhor.

Passei grande parte da minha vida me vendo como a maioria, mas meu comportamento era da minoria. Não tinha equilíbrio.

Outra parte da minha vida me vi como a minoria, mas agia como a maioria. Também não tinha equilíbrio.

HOJE! HOJE EU ESCOLHO.

QUERO ME MANTER EM EQUILÍBRIO.

Eu me sinto parte da minoria e estou em constante ação como a minoria.

Peço sabedoria para continuar, gratidão para aumentar, perdão quando cair na área de zona de conforto, força para acreditar, generosidade quando errar, consciência quando acertar e me parabenizar pela superação.

A cada dia quero falar menos do outro.

Agradecer mais pelas oportunidades.

Me perdoar pelas dores que me causei ou causei a outros.

Agir sem esperar nada em troca.

Aprender e desenvolver minha auto-responsabilidade.

Aceitar e depois transformar os obstáculos enquanto busco fazer parte da minoria.

Entender que a responsabilidade é minha quanto as minhas escolhas, sendo elas feitas com maturidade ou não.

Dizer não sem culpa.

Dizer sim com autonomia.

Não ser vítima de mim mesma.

Escolher ser FELIZ e saber que ninguém é obrigado a viver a minha felicidade.

Mas, eu também não sou obrigada a nada que eu não queira.

A ESCOLHA É MINHA, A RESPONSABILIDADE É MINHA E O RESULTADO EU VOU COLHER.

E você?

Faz parte de qual grupo? Por que?

Beijos.

C.z