Vida

01.10.2018

A HORA DO VÔO

ESTOU INDO EMBORA.
Foram 39 anos vivendo no Brasil.

Um país que amo muito, mas embora amando, devo escolher o melhor pra mim e para quem precisa de mim.

No Brasil eu fiz tudo que cabia a mim para chegar aonde desejava.

…Estudei, me formei, me graduei, trabalhei, lecionei, atuei, cantei, fotografei, dirigi, roterizei, escrevi, fui empresária e empreendedora… Fui um ser humano em busca do melhor.

Infelizmente, ainda triste por ver tanta diferença, digo que meu país na situação atual não é a favor ou é imaturo na “preparação” de quem busca oportunidade e muito menos pra quem busca o crescimento do próximo.

No Brasil…
Não basta só ser, nem se profissionalizar.

Durante muito tempo acreditei em algo fora do que meus olhos podiam ver, mas fui pega pela ganância, egoísmo e maldade de quem disputa pela “água no deserto.”

Não há divisão, união e nem preparação.
Uma deslealdade e um desequilibrio que corrói a alma.

Demorei 39 anos pra entender que a “culpa” não era minha e que eu fiz a minha parte, mas o meu país não.

Eu cresci estudando filosofia, sociologia, história da arte e toda didática da cultura brasileira em ensinar a ser o que a cultura social e política do nosso país não faz.

Como ser diferente do que você aprendeu?
Passei por milhões de pessoas, das ricas, muito ricas, bem sucedidas, pobres, miseráveis, inteligentes e ignorantes.

A diferença delas?
A sua forma de pensar, a sua energia, as suas dores, o seu meio e suas AÇÕES.

É COMPLETAMENTE PERCEPTÍVEL A DIFERENÇA QUE O MEIO FAZ NO RESULTADO EXTERNO.

O que era igual?
Todas buscavam a sua felicidade.

Eu queria viver e chegar em algo muito maior.
Eu não gosto mesmo de desequilíbrio, desigualdade e muito menos injustiça.

Eu gosto de inteligência, oportunidade e empreendedorismo.

No BRASIL, aos 39 anos depois de ser professora formada, passar por três graduações: Artes Cênicas, Psicologia e cinema…

Depois de vários cursos como Fotografia, MBA em Coach, inglês e Roteiro…

Depois de Empreender, inovar e criar métodos.

Depois de atuar como atriz que sou e formar artistas por aí…

Eu realmente não acredito mais em uma ascensão com louvor no Brasil nesse momento.

Descobri que meu lugar não é aqui nesse agora.
Descobri que toda bagagem que tenho posso usar a meu favor e de quem tem maturidade e inteligência para receber em outro lugar.

Aqui eu sonhei e perdi-me dos sonhos.
Aqui eu me desconheci e me reconheci.
Aqui eu só queria mesmo ter conseguido chegar aonde sempre agi e desejei.

Eu vou embora e aqui deixo as dores e os medos.
Aqui deixo as tristezas e o pavor de ter que me esconder de ser quem sou.
Aqui deixo pra traz um passado que quase me destruiu.

Mas, daqui levo todas as melhores coisas que aprendi, as melhores pessoas que conheci, amei e amo.
Daqui levo minhas superações, minhas formações, meu preparo pessoal e profissional.
Daqui levo as melhores paisagens, os gostos de tudo que é nosso de forma personalizada.
Daqui levo meus amigos, família e profissionais dentro do melhor lado que tenho no peito.
Daqui levo o melhor de mim, tudo que construí através das piores coisas que me transformaram na mulher mais forte do mundo que sou.
Daqui eu me levo comigo.

Quero voltar, Claro!
Eu realmente quero muito poder voltar…
Volto pra viver o que nunca consegui aqui porque o meu país não quer pessoas felizes, meu país quer sobreviventes.
E, meu país que me perdoe, MAS EU NÃO SOU SOBREVIVENTE.

EU SOU VIDA!!

NASCI PRA VIVER, SER FELIZ e VENCER!

Poder ir e abrir portas melhores e maiores é tão bom.

E que em breve eu deixe aqui as notícias de que o escolho agora É O MEU CAMINHO.

EU SOU UM PÁSSARO E PÁSSAROS NASCERAM PRA VOAR E NÃO ENFEITAR A SUA GAIOLA.

Até um dia BRASIL.

Eu sou privilegiada!

Levo o melhor comigo para fazer o melhor aonde eu posso.

Com amor,
C.z